MEC suspende criação de cursos de medicina por cinco anos

05 ABR 2018
05 de Abril de 2018

A criação de novos cursos de medicina no país está suspensa por cinco anos, de acordo com portaria assinada nesta quinta-feira (5) durante reunião do presidente Michel Temer com o ministro da Educação, Mendonça Filho.

A medida vale para instituições públicas federais, estaduais e municipais e privadas. A ampliação de vagas em cursos de medicina já existentes em instituições federais também fica suspensa pelo mesmo período.

De acordo com  Mendonça Filho, a medida se justifica pela necessidade de fazer uma avaliação e adequação da formação médica no Brasil. Segundo ele, foi grande o número de cursos abertos no país nos últimos anos e agora é preciso zelar pela qualidade.

O presidente do Conselho Federal de Medicina, Carlos Vital, disse que há um número excessivo de vagas abertas em cursos de medicina no país. 

Voltar